Referencial sobre Avaliação da Aprendizagem na Área da Deficiência Intelectual

A prática pedagógica em sala de aula e a avaliação da aprendizagem sempre foram temas recorrentes nos estudos em educação. Contamos com uma vasta literatura que discute e questiona os aspectos epistemológicos que sustentam a prática pedagógica, inclusive o processo de avaliação, a formação do professor, seus conhecimentos, suas representações, o papel da escola, como também a ideologia subjacente ao processo educacional.

A própria discussão sobre a operacionalização de uma educação inclusiva confere igualmente um lugar de destaque à avaliação pedagógica e traz implicações importantes para a ação do professor. Mais do que conhecer as patologias dos alunos e os limites de seu desenvolvimento, o processo de inclusão enfatiza suas condições de aprendizagem e o seu nível de competência curricular (OLIVEIRA, 2002).

Assim, o referencial para a avaliação, da aprendizagem muda substancialmente e passa a lidar com diferentes indicadores que não apenas as condições individuais dos alunos, mas também, e essencialmente suas possibilidades de acesso ao currículo e, ainda mais, as adequações realizadas pelos sistemas de ensino, capazes de serem propiciadoras de sua aprendizagem e de seu desenvolvimento.

CLIQUE E FAÇA O DOWNLOAD DO MATERIAL

FONTE: http://portalsme.prefeitura.sp.gov.br/

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *