Janine: exames de alfabetização não são história de sucesso

“Os resultados não são uma história de sucesso, mas o bom é que eles apontam o que devemos fazer, apontam o que são os problemas, apontam os níveis de alfabetização”, disse o ministro

O ministro da Educação Renato Janine Ribeiro afirmou nesta terça-feira, 15, que os resultados da Avaliação Nacional de Alfabetização “não são uma história de sucesso”. Os dados são referentes à edição de 2014. A prova avalia o desempenho de todas as crianças do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas e é prevista na legislação para ocorrer todos os anos.

“Os resultados não são uma história de sucesso, mas o bom é que eles apontam o que devemos fazer, apontam o que são os problemas, apontam os níveis de alfabetização”, disse o ministro, durante fórum de educação realizado pela revista Exame, em São Paulo.

A ANA foi criada com o Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), lançado pela presidente Dilma Rousseff em 2012. A decisão interrompe a série de provas iniciada em 2013. No ano passado, 2,9 milhões de crianças participaram do exame, que custou R$ 150 milhões aos cofres públicos.

Conforme revelou o jornal O Estado de S.Paulo em julho, o MEC cancelou a avaliação deste ano por corte de gastos. O cancelamento do monitoramento de alfabetização foi mais um impacto do aperto nos gastos na área de educação. Programas estratégicos, como o Financiamento Estudantil e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), também tiveram cortes.

Fonte: http://www.leiaja.com

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *