10 atividades para relaxar a criança com deficiência

Conseguir que a criança com deficiência relaxe e se concentre pode ser uma tarefa difícil. Em muitas situações, esse relaxamento é importante para que a criança se envolva de forma eficaz em outras atividades ou em tarefas da rotina, daí a sua importância.

Claro que cada criança reage de maneira diferente diante da mesma proposta, por isso é útil tentar colocar o que sugerimos aqui em prática e não desistir quando a estratégia utilizada não teve sucesso.

Aqui estão 10 atividades para construir um ambiente ou criar situações que acalmam e relaxam:

1. Colocar música tranquila

Escolha uma música constante e suave. No Youtube tem músicas excelentes de relaxamento! A música tem uma habilidade natural de neutralizar outros ruídos e modificar o humor. Se a criança está em um ambiente com muitos ruídos ou que não é conveniente escutar música, tente fones de ouvido com cancelamento de ruído. Qualquer fone de ouvido já é útil, mas os que têm cancelamento de ruído são perfeitos para isolar a criança do ambiente (isto é, quando elas aceitam o uso).

2. Criar um espaço tranquilo para a criança

Às vezes, as crianças precisam de um espaço pessoal onde podem bloquear o ruído extra e as distrações visuais. Tente algo como uma pequena tenda ou crie uma pequena área do livro em casa/consultório onde a criança pode facilmente retirar-se quando é o momento da pausa.

3. Exercícios de respiração profunda

Pratique a respiração lenta com a criança. Você servirá de modelo para a criança imitar. Se necessário, ensine a criança a tocar na sua barriga e perceber o seu ritmo de respiração.

4. Experimente um pouco de yoga

A combinação de respiração lenta, alongamento e concentração para manter uma posição pode ser ideal para concentrar e acalmar. Apresente isso à criança de uma forma divertida, como o programa de ioga para crianças ou um DVD.

5. Ir para uma caminhada

Fazer uma caminhada pode ajudar a liberar um pouco da energia extra da criança, especialmente se ele/ela precisa de uma pausa de uma atividade. A mudança de cenário e o ar fresco pode ser útil.

6. Apague as luzes

Há momentos em que a criança pode ser sensível à luz. Em alguns casos, se a criança está estressada, apagar as luzes ou entrar em um espaço escurecido pode ajudar a trazer uma sensação de calma e segurança.

7. Dê um “abraço de urso” ou massagem nas costas

Tenha cuidado ao se aproximar da criança para dar qualquer tipo de pressão, especialmente se sela é sensível ao toque ou se assusta facilmente. Os que não são podem se beneficiar desse tipo de estímulo, o que ajuda a acalmar.

8. Sentar em uma cadeira de balanço ou em um balanço

O movimento lento e rítmico pode ser reconfortante. Se a criança resiste e não tem certeza sobre isso, você pode fazer ela sentar no seu colo enquanto você balança.

9. Ofereça ao seu filho algo para beber

Um copo de água ou suco pode ser legal nesses momentos. Em alguns casos, beber com um canudo também é útil por causa do movimento de sucção que fornece algumas informações sensoriais através da boca.

10. Procure pistas do passado

Pesquise ou lembre do que acalmava a criança quando ela era um bebê. Muitas vezes, você vai encontrar pistas sobre novas atividades que podem ser ótimas.

Ao usar estas atividades, tenha em mente que você deve introduzir e praticar essas atividades antes  de um momento tenso. Sempre que possível, dê a criança a escolha do que ela gostaria de fazer como uma atividade calmante. As escolhas podem ser dadas verbalmente, mas também através de recursos visuais.

Se a criança tem disfunções no processamento sensorial, uma abordagem mais prescrita e orientada pode ser útil. Consulte um terapeuta ocupacional para uma avaliação mais completa e um programa adequado para as necessidades da criança.

Fonte: friendship circle

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *