[DOWNLOAD] Cartilha da Inclusão Escolar: inclusão baseada em evidências científicas

Lançado em Agosto de 2014 no Congresso Aprender Criança, a “Cartilha da Inclusão Escolar: inclusão baseada em evidências científicas” foi idealizada a partir do novo paradigma educacional. Para conhecer melhor o projeto,  este possui os seguintes objetivos:

1. Disponibilizar recomendações de inclusão escolar baseadas em evidências científicas, contemplando toda a diversidade de escolas e salas de aulas Brasileiras.

2. Propor recomendações gerais e específicas para crianças com deficiências (intelectual, auditiva, visual e motora), transtornos mentais (Transtorno do Espectro Autista e Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade), transtornos específicos de aprendizagem (Dislexia, Disgrafia e Discalculia), talentosos e superdotados.

3. Disponibilizar os princípios e práticas que regem a “arte cientificamente fundamentada de ensinar” com base nos conhecimentos mais atuais da Neurociência da Educação que contempla o atendimento da diversidade infantil.

4. Apresentar um projeto de escola inclusiva como via alternativa de implantação desse novo paradigma de inclusão escolar, com objetivos claros, logística realista e indicadores práticos de auditoria e monitoramento.

5. Disponibilizar bibliografia científica e outras fontes de informação e pesquisa que permitam ao leitor se aprofundar na temática.

Em suas palavras, os coordenadores do projeto, Marco Antônio Arruda e Mauro de Almeida, revelam que:

O paradigma de inclusão escolar aqui adotado não se restringe à criança com deficiência, nem tampouco, de forma mais ampla, àquelas com necessidades educacionais especiais, mas contempla toda criança, em sua vasta diversidade de habilidades e dificuldades. Assim, além dos capítulos com recomendações gerais e específicas de inclusão, o leitor encontrará um capítulo com os princípios e práticas da Neurociência da Educação, uma nova área do conhecimento cujo objeto de estudo é “a arte cientificamente fundamentada de ensinar”.
Outro objetivo da Cartilha foi prover recomendações objetivas e passíveis de implantação na diversidade da realidade das escolas Brasileiras. Para tanto, as recomendações foram discutidas em grupos focais de profissionais da Educação, resultando em um projeto de escola inclusiva disposto em um dos capítulos, com suas etapas de implantação e ferramentas de auditoria e monitoramento.

DOWNLOAD –> http://www.aprendercrianca.com.br/

FONTES: REAB e citação da cartilha

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *