Proposta retira referência sobre população negra do Estatuto da Igualdade Racial, ampliando conceito sobre preconceito racial

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 4650/16, do deputado Cleber Verde (PRB-MA), que retira do Estatuto da Igualdade Racial (Lei 12.288/10) a referência à “população negra” para buscar ampliar o conceito a qualquer pessoa que sofra preconceito em função de sua etnia, raça ou cor.

De acordo com Cléber Verde, a única população efetivamente abrangida pelo Estatuto é a negra. “É necessário mudar o foco da definição de quem deve ser beneficiado, além da população negra temos várias outras etnias que também padecem com discriminação e preconceito e não estão contempladas dentro do Estatuto da Igualdade Racial”, afirmou.

Foto: Lúcio Bernardo Júnior

Dep. Cleber Verde

Cléber Verde: é necessário mudar o foco da definição de quem deve ser beneficiado, além da população negra temos outras etnias que também padecem com discriminação.

O Estatuto da Igualdade Racial define população negra como o conjunto de pessoas que se autodeclaram pretas e pardas, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Para que haja coerência jurídica, essa alteração visa corrigir a abrangência de beneficiados pela referida legislação”, disse Verde.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Direitos Humanos e Minorias; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Íntegra da proposta:

Reportagem – Tiago Miranda
Edição – Regina Céli Assumpção

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *