[DOWNLOAD] Atividades Natalinas de Matemática

OLÁ PROFESSORES,

Atividades “quentinha” de Matemática com o tema Natal para vocês utilizarem em sala de aula.

Mas primeiro… Qual a importância de se ter imagens em atividades de alfabetização?

A maior parte das informações que absorvemos vem pelo sentido da visão. Seja observando um objeto ou lendo um texto, via de regra, são os olhos que nos conectam ao mundo exterior e nos permitem assimilar novos conhecimentos. Por isso, os estímulos visuais são tão importantes na sala de aula, eles não apenas despertam o interesse e a curiosidade dos alunos, mas podem ajudar os estudantes a reterem melhor o conteúdo.


OBJETIVOS GERAIS:

Com a utilização dessa atividades, espera-se que o ano consiga:

  • utilizar o pensamento matemático para analisar e compreender o mundo em que vivemos;
  • interpretar as situações do cotidiano segundo o olhar da Matemática e relacionando-as às outras ciências;
  • criar estratégias próprias para resolução de problemas;
  • pensar, refletir e abstrair, com base em situações concretas, para posteriormente organizar e interpretar;
  • planejar e criar estratégias de resolução para situações novas;
  • utilizar diversos tipos de linguagens matemáticas e empregá-las nas suas argumentações;
  • reconhecer as relações entre o conhecimento matemático e as outras áreas do conhecimento;
  • refletir sobre os resultados obtidos em situações-problema e verificar se são possíveis ou não.

COMO BAIXAR?

Para baixar a atividades de matemática, basta clicar no link abaixo:


Por fim, para aprofundamento dos conhecimentos:

A alfabetização matemática é um fenômeno que trata da compreensão, da interpretação e da comunicação dos conteúdos matemáticos ensinados na escola tidos como iniciais para a construção do conhecimento matemático. Ser alfabetizado em matemática, então, é compreender o que se lê e escrever o que se compreende a respeito das primeiras noções de lógica, de aritmética e geometria. Assim, a escrita e a leitura das primeiras ideias matemáticas podem fazer parte do contexto de alfabetização. (Danyluk, 1997, p. 12)

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *