Diretor humilha aluno que foi à escola de chinelo no DF e acaba indo à delegacia – VEJA O VÍDEO

Segundo denúncia, homem fez garoto tirar calçados e chorar de cabeça baixa na carteira da sala

Em uma denúncia anônima, uma funcionária de uma escola em Planaltina-DF (42 km de Brasília), denunciou um vice-diretor que teria humilhando uma criança pelo fato da mesma ter ido para a escola de chinelo.

Em vídeo de celular gravado por colegas, o aluno aparece de cabeça baixa e chorando.

O diretor foi preso suspeito de humilhar um estudante após obrigar um aluno a retirar os chinelos e ficar descalço na sala de aula. O Conselho Tutelar recebeu uma denúncia e foi investigar o caso.

O diretor CEF (Centro de Ensino Fundamental) do Arapoanga recebeu voz de prisão e foi parar na delegacia. Segundo o Conselho Tutelar da cidade, ele obrigou o menino a ficar descalço porque o jovem tinha ido de chinelos para a aula. O caso aconteceu nesta segunda-feira (5).

A Secretaria de Educação do Distrito Federal informou que a Corregedoria de Educação tomou conhecimento da situação e vai apurar os fatos. Ainda de acordo com a nota, “caso o vice-diretor do Centro de Ensino Fundamental Arapoanga tenha se excedido, irá responder a Processo Administrativo Disciplinar”.

O caso será investigado.

Comente esta postagem

2 Resultados

  1. SONIA disse:

    AQUI EM RONDÔNIA, NÓS FUNCIONÁRIOS, PEDIMOS AOS Q TEM UM CALÇADO QUE NÃO USA MAIS PRA DOAR, SE FOR PRECISO, COMPRA UM CHINELO. EU SENDO PROFESSORA, JÁ RECEBI PARA MEU ALUNO UM PRA DE CHINELO. JAMAIS DEVEMOS HUMILHAR, UMA CRIANÇA OU ADOLESCENTE, POIS ELES TÊM O DESEJO DE TER UM CALÇADO… E AS VEZES NÃO TEM CONDIÇÕES! LAMENTO PELA VERGONHA, Q ESTE ALUNO PASSOU.

  2. João Marcelo disse:

    Gente, será que foi assim mesmo que tudo aconteceu? Está todo mundo condenando o diretor sem ninguém ter ouvido a versão dele. Essa estória me parece muito absurda para ser verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *