Projeto transforma em lei programa de formação de professores do MEC – Confira!

Tramita na Câmara dos Deputados o projeto (PL 5180/16) que transforma em lei o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), criado pelo MEC,  voltado para estudantes de cursos de licenciaturas que desenvolvem ações nas escolas públicas.

Os beneficiados – alunos, professores e gestores – recebem bolsas remuneradas com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em cinco modalidades:  iniciação à docência; supervisão para professores de escolas públicas ; coordenação de área para professor da licenciatura que coordena o projeto; coordenação de área de gestão de processos educacionais; e coordenação institucional .

Atualmente operacionalizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa tem como objetivo incentivar a formação dos docentes  para a educação básica; aprimorar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura; inserir os licenciandos no cotidiano das escolas públicas; e mobilizar os professores das escolas para preparar os futuros docentes.

O deputado propositor do projeto, o deputado Chico Lopes (do PCdoB-CE), disse que o Pibid atende a uma demanda antiga de aproximar universidade e escola. Segundo ele, o programa tem contribuído para melhorar o desempenho das unidades escolares e ajudado na formação de novos professores da educação básica, sendo reconhecido pela  Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped).

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado nas comissões de Educação; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Câmara dos Deputados

Você pode gostar...

Comente esta postagem

1 Resultado

  1. Porque não volta o mágisterio ,este curso realmente forma professores,não vejo o pibid uma boa opção de formação , e as universidades deveriam repensar o curso de pedagogia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *