Baixe o material “Currículo e linguagem na Educação Infantil”

Tratar do currículo signifi ca pensar sobre a identidade do trabalho com as crianças nas instituições de Educação Infantil, e, nesse processo, a prática docente e as ações instituídas pela gestão ganham centralidade. Este caderno
– Currículo e linguagem na Educação Infantil – pretende mostrar como é possível desenvolver experiências curriculares de qualidade, com o foco na ação das crianças, a partir de diferentes linguagens.

Para iniciar esse diálogo, a Unidade 1 – Currículo e Educação Infantil –, de Maria Carmen Silveira Barbosa e Zilma Ramos de Oliveira, instiga-nos a compreender os pressupostos teóricos e as orientações contidas nas Diretrizes
Curriculares Nacionais para a Educação Infantil e a refl etir sobre as práticas pedagógicas conduzidas no cotidiano, à luz desses pressupostos e orientações. Para tanto, as autoras nos convidam a reconhecer, na história da educação de crianças, vários modelos curriculares, tanto aqueles advindos das tradições da pedagogia quanto os provenientes da psicologia, que fomentam o desenvolvimento infantil, e, ainda, aqueles pautados pelo calendário social, festivo, cívico ou religioso. Como organizar um currículo que tenha como eixos da prática pedagógica as interações
e a brincadeira? Essa é a pergunta que nos conduz não apenas à leitura, mas também à refl exão sobre os diferentes contrapontos que emergem da nossa prática docente.

Já na Unidade 2 – Observar, registrar, planejar e agir –, Sonia Kramer e Silvia Néli Falcão Barbosa tecem considerações que nos conduzem a refletir sobre a importância de planejar, discutir e analisar práticas de observação, documentação e organização do trabalho voltadas para os bebês e para as crianças de até seis anos. Martin Buber é o filósofo que as auxilia a propor caminhos mais humanizadores para as práticas educativas, alertando para o fato de que, a despeito do esforço do educador em buscar resultados, é necessário que a sua postura esteja voltada para ver e escutar as crianças, ajudando-as a se posicionarem no mundo. As autoras assumem o cotidiano da Educação Infantil como espaço de criação, de vida, de invenção, e nos convidam, com poemas de Cecília Meireles, a dar visibilidade a essa vida, por meio da observação, da documentação e do planejamento.

DOWLOAD –> http://pacto.mec.gov.br/materiais-li

Você pode gostar...

Comente esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *