Comissão debate residência pedagógica para os professores da educação básica

Gostou? Outras pessoas também poderão gostar. Nos ajude. COMPARTILHE!

 A Comissão de Educação promove audiência pública amanhã, às 14 horas, para debater o projeto de lei que institui a residência pedagógica para os professores da educação básica (PL7552/14).

“O projeto têm provocado controvérsias entre especialistas. Se, por um lado, a medida é positiva por buscar melhorar as condições de estudo do aluno, por outro, a operacionalidade pode ser um problema”, afirma a deputada Keiko Ota (PSB-SP), que solicitou o debate.

o Projeto de Lei 7552/14, do Senado, que cria uma fase de residência obrigatória para os professores da educação básica (pré-escola, ensino fundamental e ensino médio) antes de ingressarem no magistério.

A proposta altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/96) para incluir a residência como uma fase de articulação entre teoria e prática, como já ocorre com os médicos.

A residência terá duração mínima de 1.600 horas e será remunerada por meio de bolsa de estudo. Para entrar na residência, o futuro professor precisa ter concluído o curso superior.

Foram convidados a debater o tema:
– o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios da Cunha e Melo; o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação, Eduardo Deschamps; o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Alessio Costa Lima; A presidente da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação, Iria Brzezinski; o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Roberto Franklin de Leão e a vice-presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares, Elizabeth Guedes.

A audiência será no plenário 10.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Da Redação-PR

FONTE: Agência Câmara Notícias

Gostou? Outras pessoas também poderão gostar. Nos ajude. COMPARTILHE!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *