Com saudades, professora tricotou bonecos de cada um de seus 23 alunos distantes na quarentena

GOSTOU? ENTÃO COMPARTILHE COM ALGUÉM...

Ser mestre é ser, sobretudo, coração. Nesta quarentena, o distanciamento físico de mestres e alunos também tem gerado grandes carências e saudades.

Nesta semana, repercutiu nas redes sociais a história de Ingeborg Meinster-Van der Duin, uma professora da escola Bavinck, em Haarlem, na Holanda. Ela passou boa parte de sua vida dedicada às crianças e viu seu trabalho muito comprometido quando a escola fechou em decorrência da pandemia de COVID-19.

Miss Ingeborg vive para seus alunos, que a acompanham diariamente na sala de aula e iluminam sua vida com suas travessuras. Por esse motivo, ela não aguentou mais mantê-los afastados: resolveu tricotar 23 pequenas bonecas personalizadas para cada um de seus alunos, para que fiquem perto dela durante esses dias de confinamento.

O nível de detalhe de cada uma das bonecas é muito impressionante: Ingeborg conseguiu reconhecer as roupas de seus alunos e desenhou-as com seus respectivos cardigans e blusas, além de se certificar de colocar óculos em que os utiliza e sardas em quem as tem. Para isso, ela dedicou de 3 a 4 horas para cada boneca.

Trabalho manual da professora Ingeborg Van der Duin

Concluído o trabalho, a professora mostrou os resultados para seus alunos e pais. O projeto foi um sucesso: sem colocar nenhum nome perto das bonecas, os meninos puderam reconhecer facilmente qual deles era.

Mas estavam sentindo falta de alguém muito importante na coleção: a própria senhorita Ingeborg, que não pensara em fazer uma boneca de si mesma, então ela começou a trabalhar e completou a coleção com seu próprio modelo.

Após representar os alunos, professora tricota a imagem de si mesma.

Esses exemplos de amor e de extrema ternura nos mostram que sempre podemos manter perto do nosso coração aqueles que fisicamente estão um tanto distantes.

Amamos a atitude da professora! E você?

Com informações do UPSOCL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *