Estudantes receberão máscaras com viseira na volta às aulas em município do Ceará – VEJA DETALHES

 INSCREVA-SE NO CANAL E SEMPRE RECEBA NOVIDADES SOBRE MATERIAIS E CURSOS EAD GRATUITOS...
GOSTOU? ENTÃO COMPARTILHE COM ALGUÉM...

Com o objetivo de evitar a propagação do novo coronavírus por gotículas de saliva na volta às aulas, os alunos da rede pública de Coreaú, no interior do Ceará, vão adotar máscaras com viseira. A ação é parte da retomada gradual das aulas presenciais. O Equipamento de Proteção Individual (EPI) desse modelo protege, também, a região do olhos. Serão distribuídas um total de 7 mil máscaras, produzidas por uma empresa do distrito de Ubaúna, a alunos de 16 escolas municipais da cidade.

Na última semana antes da volta às aulas, o que deve acontecer no início de agosto, 3.500 unidades já serão entregues aos estudantes. No primeiro momento, cada aluno receberá uma unidade e, no fim de agosto, serão entregues as outras 3.500 máscaras. O equipamento de proteção também foi pensando para se adaptar as diferentes situações do dia a dia escolar.

“Os visores são removíveis. Temos crianças que usam óculos e precisarão tirar o visor neste momento”, pontua o secretário da Educação de Coreaú, Arcelino Da Silva Batalha. “Estamos com a previsão de retorno em 1º de agosto. Por enquanto, estamos organizando as escolas, fazendo uma grande adaptação, colocando pias nas entradas das instituições”, explica

Segundo a Plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa) do Ceará, atualizada às 14h55 desta segunda-feira (8), Coreaú registra 237 casos confirmados de Covid-19 e 2 óbitos. Um total de 195 pessoas já se recuperaram da doença na cidade. Em todo o Estado, o número passa de 64 mil infectados e 4 mil óbitos.

Plano de volta
Em relação ao Plano de Retomada Econômica no Ceará, as escolas estão na última fase e precisarão seguir um conjunto de exigências de higienização e distanciamento para evitar a transmissão do vírus. Pensando nisso, também estão sendo instaladas 16 cabines de higienização em todas as escolas municipais de Coreaú, além de 8 túneis de desinfecção nas instituições com mais de 200 alunos. O material está sendo produzido no município de Sobral, na região Norte.

“Vamos iniciar primeiro com o Fundamental II, em dias intercalados. Alguns estudantes terão atividades remotas e outros encontros presenciais. Depois, retorna o Fundamental I e para finalizar o Infantil”, explica Batalha. Na volta, algumas exigências serão a medição de temperatura corporal; proibição de abraços; e intervalo para alimentação sendo realizado na própria sala de aula.

As crianças que apresentarem temperatura acima do normal ou com sintomas gripais, terão que voltar para casa ou, dependendo do caso, ser levado à uma unidade de saúde. Neste primeiro momento, creches e alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos seguirão com as aulas a distância, através de plataformas virtuais.

As informações são do G1.

 INSCREVA-SE NO CANAL E SEMPRE RECEBA NOVIDADES SOBRE MATERIAIS E CURSOS EAD GRATUITOS...

4 Resultados

  1. Khet disse:

    Que ideia maravilhosa,dera mais estados e municípios aderissem a idéia.

  2. mariaaparecidadasilva26401@gmail.com disse:

    Sou de Rondônia e Trabalho na Educação, por gentileza, preciso do contato da Secretária Municipal de Educação desta cidade. Amei a ideia

  3. Alessandra disse:

    Pensando na troca… não é necessário trocar a mascara a cada 2h?
    Essas máscaras são de tecido ou do material específico como dos enfermeiros?

  4. Eu disse:

    Sem chance!!!! Meus filhos não voltam a escola enquanto durar essa pandemia, a vida deles pra mim é muito mais importante!!! Prefiro que as aulas continuem on line até quando for seguro sair de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *