Vitória da educação: novo Fundeb é aprovado em primeiro turno

 INSCREVA-SE NO CANAL E SEMPRE RECEBA NOVIDADES SOBRE MATERIAIS E CURSOS EAD GRATUITOS...
GOSTOU? ENTÃO COMPARTILHE COM ALGUÉM...

Deputados aprovam PEC do novo Fundeb em 1º turno, com repasse maior da União

Ainda serão votados destaques que podem alterar o texto

Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Ordem do dia. Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia (DEM - RJ)
Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, comanda as votações no Plenário

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, por 499 votos a 7, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15, que torna permanente o Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação Fundeb e aumenta a participação da União no financiamento da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio. Falta analisar destaques que podem alterar o texto.

Segundo o substitutivo da relatora, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), a complementação da União para o Fundeb crescerá de forma gradativa ao longo de seis anos, de 2021 a 2026, passado dos atuais 10% do total para 23%.

Pelo menos metade do dinheiro extra deverá ser destinado à educação básica, conforme negociado com o governo. Segundo a relatora, a medida terá grande impacto, já que a educação infantil concentra a maior demanda não atendida pela rede pública no País.

Mais informações em instantes

Reportagem ‒ Ralph Machado

Fonte: Agência Câmara de Notícias

 INSCREVA-SE NO CANAL E SEMPRE RECEBA NOVIDADES SOBRE MATERIAIS E CURSOS EAD GRATUITOS...

6 Resultados

  1. Elson henrique mendes campos disse:

    Que bom q ñ alteraram o fundeb

  2. Gilvan lima disse:

    Vamos cobrar as atuações dos vereadores nesta campanha de fiscalizar os “Gestores Públicos”Prefeitos Conscientes .

  3. Ana Paula disse:

    Parabéns, a reportagem fou ótima. Espero que o resultado final seja o esperado investimento na Educação Infantil, Ensino e Médio.

  4. Bíblia do 17 disse:

    o senado irá colocar as o=coisas no lugar. É um absurdo se gastar dinheiro público se depois de formado, além de do Estado ter que pagar salários exorbitantes, esses não passam de um bando de parasitas sociais dando carteirada por tudo quando é quanto. Acabou a mamata, quem quiser que pague pelos seus estudos. Investir em bolsa família rende mais para os dízimos do que educação que só produz gente de oposição

  5. Eunice Cabral Rubio disse:

    Merecemos👏👏👏👏👏👏

  6. Ana Alice disse:

    Cursos técnico e Graduação ,ficarei muito grata.EAD melhor encerramento, parabéns,amei a nova .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *