Governadora do PT faz um pedido especial a Bolsonaro em relação aos professores

Gostou? Outras pessoas também poderão gostar. Nos ajude. COMPARTILHE!

Trabalhadores da educação constam nos grupos prioritários, mas ainda não tem fases definidas

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), enviou nessa quinta-feira (7) um ofício ao presidente Jair Bolsonaro com um pedido para que os profissionais da educação sejam incluídos nas fases iniciais dos grupos prioritários da vacinação contra a covid-19.

O documento cita que é preciso considerar a importância dos profissionais “para a retomada do desenvolvimento socioeconômico, científico e cultural do país”.

De acordo com o Plano Nacional de Vacinação, os trabalhadores em educação entram nos grupos prioritários, mas a fase em que a imunização será realizada não foi definida. Essa decisão deve ser tomada após a aprovação das vacinas.

No ofício, a governadora ressalta que os impactos causados pela pandemia afetaram diretamente os professores e os estudantes. “Em especial na educação pública no País, aprofundam as desigualdades de acesso e de permanência já existentes nas escolas e promovem enormes prejuízos à qualidade da aprendizagem, em todos os níveis e etapas”, diz trecho do documento.

O pedido ressalta que a inclusão dos profissionais da educação deve ser feito sem prejuízo dos profissionais da saúde e demais grupos vulneráveis. Segundo Fátima, essa medida permitirá a retomada, em menor tempo, das atividades educacionais e vai contribuir “para a redução das desigualdades entre os estudantes, a preservação de seus vínculos com a escola, a diminuição dos riscos de ficarem ainda mais para trás ou abandonarem os estudos, assegurando a reabertura das escolas e das instituições de educação superior, com seus profissionais protegidos e imunizados”.

FONTE: Itatiaia (título adaptado)

Gostou? Outras pessoas também poderão gostar. Nos ajude. COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *